terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Dias amenos

E nesses dias amenos a falta se faz presente.
Falta de tantas e coisa nenhuma. Vontade de muito
e nada ao mesmo tempo. Não culpo quem não
consiga me entender, nem eu mesma sou capaz de tal
façanha.. Mas me descobri assim, inconstante e unica. 
E aprendi a conviver comigo mesma.

P.S.(Saudades do Juan)

B.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Música do dia.

Acho que é isso que realmente vai contar no final, o que fizemos com os momentos cinzas da vida. Cada um de nós é criador do próprio destino, podemos nos lamentar pelas coisas ruins, ou ver o lado bom que existe em cada uma delas. Pois não há dor que não se cure e um sorriso sempre ajuda.


Do Lado de Cá - Chimarruts

Se a vida às vezes dá uns dias de segundos cinzas
e o tempo tic taca devagar
Põe o teu melhor vestido, brilha teu sorriso
Vem pra cá, vem pra cá
Se a vida muitas vezes só chuvisca, só garoa
e tudo não parece funcionar
Deixe esse problema a toa, pra ficar na boa
Vem pra cá
Do lado de cá, a vista é bonita
A maré é boa de provar
Do lado de cá, eu vivo tranquila
E o meu corpo dança sem parar
Do lado de cá tem música, amigos e alguém para amar
Do lado de cá
Do lado de cá
A vida é agora, vê se não demora.
Pra recomeçar é só ter vontade de felicidade pra pular.
B.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sobre eu e ele.

Minha primeira criação a dois. Feita por pessoas distantes por mais de 800km, mas juntas em pensamentos e desejos. Ficou linda Juan. Obrigada. Beijodeumjeitonosso'


Entre dissabores e vivências eu te encontrei.
Calmo e sereno, com seu melhor sorriso me recebeu.
E o seu olhar me fitava profundamente por instantes.

E eu sentia minha alma invadida pelo brilho dele.
E como que por encanto, como se tudo fosse escritos nas linhas tortas do destino,
você se tornou parte de mim e eu me vi ligada a você.
Era uma ligação incomum, forte e inexplicável.
Pareceia algo de outro mundo, de outras vidas e tempos imemoriais.
E como tinta numa tela, nossas vidas se misturaram.
Destarte que me tornei cativa em seu enlace.
Foi como beija flor e flor, noite e luar, praia e mar.
E até musicas desconhecidas aprendi a cantar.
Atendendo a um pedido que na hora não foi atendido
Mas que um dia ei de cumprir em seu ouvido.
E como canta na balada, fomos feitos um pro outro,
feitos pra durar. Como uma luz que não prduz sombras.
Resumindo numa frase: aprendi a te amar.
E há amor de verdade ventilado de saudade de você e daquela cidade.
Que parece ter sido feita para nos encontramos exatamente lá.
E o que existe é uma distância que maltrata e até engana.
Mas não mata uma vontade imensurável de amar e com você estar.
E se pudesse hoje eu teus ouvidos sussurrar,
lhe diria que te quero,pediria só um beijo.
E emploraria que viesse comigo ficar.
E eu não daria só um beijo, daria mil e quantos fossem precisos
E perderia o juízo, pra te fazer feliz e ver o seu sorriso.
E eu iria sim de Brasíla a Palmas só pra ficar contigo
E eis que dessas mal traçadas linhas não espero um final.
Aguardarei o dia em que se farás presente. Então aquele beijo será cobrado.
E aquela saudade não mais sentida.
E como que numa cena final de comédia romântica,
o casal se encontra e se beija abraçado.
Como algo que demorou muito para acontecer,
mas que a muito era esperado.

Bia e Dom, 2010.

Personalidades.

Começando um quadro novo no blog. Agora toda semana eu postarei um pouquinho da carreira de alguma personalidade que eu gosto. Desde escritores, musicos, atores ou garçons de bar. Pessoas que fazem a diferença pela forma como agem. Espero que gostem.

Beijo da B.


 A primeira personalidade em destaque é a banda:

Soldiers of Jah Army (S.O.J.A.)    'traduzindo ficaria algo como Soldados do Exército de Jah, que é como Deus é chamado na cultura Rastafari.

A banda surgiu nos EUA em 1996,e tem em sua formação:

Jacob(guitarra e voz)
Bob Jefferson(Baixo e DJ voice)
Pat(teclados)
Ryam(bateria)
Ken brownell(percussao e Nyahbinghi)

Mostrando um som novo e envolvente, com influência de rock,jazz,hip hop,R&B,Blues,alternativo, mas sem perder o toque de Reggae Roots. Letras com consciência, inspiradas na forma Rasta de ver o mundo.
 
Essa banda possui um som muito legal. Vale a pena conferir. Uma de minhas música preferidas é Rasta Courage. Ai vai um trechinho traduzido:

Tente e lembre agora do que foi feito.



Escravidão, deslocamento de cada nação.


E agora para uma nação, todos guardam rancor.


Exemplos me fazem querer saber de que lado eu estou.


Eu não defendo os brancos, eu não defendo os negros.


Defendo a verdade e direitos e tudo isso.


Eu influencio nos lugares que estou


Defendo minha posição e nunca me desvio pro caminho errado.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Facetas escorpianas.

Achei interessante e resovi postar aqui. Quem é escorpiano consegue se imaginar nessas situações. Hahaa.

Escorpião


1. Frase: ‘Sou super LIBERAL… mas onde você foi, MESMO?’


2. O que o escorpiano espera de seu parceiro: Deseja misturar sua bagagem emocional e material com a do parceiro e espera que este seja adaptável às mais bruscas e extremas transformações que possam ocorrer na vida em comum como, por exemplo, suas crises de ciúmes.


3. O que o escorpiano diz depois do sexo: ‘Talvez eu deva desamarrar você agora’


4. Como irritar um escorpiano: Faça perguntas pessoais. Saiba muito sobre eles e dê a entender. Obtenha mais sucesso do que eles e se vanglorie. Repita sempre: -’Isso não é da sua conta!’


5. Como o escorpiano reza antes de dormir: ‘Querido Deus, ajude-me a perdoar meus inimigos, mesmo que os crápulas não mereçam.’


6. Por que o escorpiano atravessou a rua: Porque era proibido.


7. Depois de ser assaltado o escorpiano diz pra si mesmo, revoltado: – ‘É nessas horas que é bom andar armado…’


8. Adesivo para o vidro do carro do escorpiano: ‘Não ‘possuo’ tudo que amo, mas amo tudo que ‘possuo’. E cuido bem de perto’


9. Quantos escorpianos são necessários para trocar uma lâmpada: Mas quem quer saber? Por que ‘Você’ quer saber? Você é um policial?

Música do dia.

Essa foi uma livre forma de apreciação da música, baseada em minhas vivências próprias.




Ainda existe amor em nós - Sorriso Maroto



'Adaptada ao contexto da ouvinte.






Nós estamos separados.


Mas nos prometemos respeito.


Você não procura quer uma namorada e eu farei do mesmo jeito.


No fundo,é que bem no fundo ainda existe amor em nós. (?)


Amor estamos chateados.


Pedimos tempo como cura.


Nessa nossa indecisão, nesse jogo de quem procura.


No fundo, é que bem no fundo ainda existe orgulho em nós em ti.


Quando o vidro embaçar.


E você vier pra me abraçar.


Quando o sol se esconder.


Vê se você para pra entender.


Que eu fui e sempre serei,


uma boba apaixonado por você.


...essa história de dar um tempo custou caro, fez doer. Corremos riscos de outro alguém aparecer. Mas o amor que a gente sente há de prevalecer.


B.

Devaneando.

Devaneios particulares.







Eu existia num universo. Meu universo era pontuado de milhares de estrelas que me permitiam boiar na superfície da sanidade. Pontos de luz e razão. Foi quando teu amor, assim como um meteoro cruzou meus céus. Minhas vistas se encheram da melhor luz. Eis que não mais existia e sim vivia. Ai você se foi e minhas pupilas dilatas por tanta luz me deixaram cegas com a suposta escuridão em que mergulhei. E onde antes existia pontos de razão, passou a existir o simples nada. Sou uma lua, que teve seu planeta principal explodido, mas que teima em orbitar vagamente no nada deixado.






B.






15.12.10

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Diário dela'

O dia tinha amanhecido claro, com um sol radiante a lhe dar 'bom dia!E ela apesar de só ter conseguido adormecer nas primeiras horas da manhã, acordou as 08:00 com uma rosa em sua porta e um cartão que a fez sorrir. Esse outro à muito que tentava alcançar seu coração,mas ela só tinha olhos ao primeiro que a cativara. Hoje essa realidade mudara. Fato certo é que um coração magoado se sente mais pendido a aceitar galanteios de outros. E aquele 'outro era especialmente querido.Ela tinha se tornado pra ele a 'sua moleca. Ele tinha se tornado pra ela um meio de permanecer sã, nesse insano mundo de sentimentos. Eis que o velho bordão popular era mesmo verdade: O mundo dá voltas e não existe dor que não passe, ou amor que não se acabe.




B.






07.12.10

Diário dela'

O dia estava nublado, e ela se sentia triste. Hoje ela queria um sol particular que a aquecesse. A rotina diária de uma segunda-feira à tinha esgotado fisícamente. Aquele silêncio forçado de dez dias à tinha esgotado mentalmente. Eram cinco da tarde, ela queria dormir. Ultimamente tinha trocado a noite pelo dia. As madrugadas silenciosas e noites insônes eram suas companheiras já a algum tempo. Mas o ano letivo estava terminando, e a perspectiva de retorno ao lar que esse fato implicitava reconfortava-a. Seria bom pra ela ter algo com que ocupar sua mente que não ele. O sono a vence, enfim que ela queda inerte num sono cheio de sonhos, melhores que sua realidade atual, diga-se. Mas a vida é assim para todos aqueles que se aventuram a viver plenamente e se entregar abertamente. E ela sabe que o preço a se pagar pelas perdas geradas por essa escolha é pequeno ante a certeza de se ter vivido ao invéz de só existir no mundo.




B.






06.12.10

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Divagações

Um de meus amigos (um grande e bom amigo por sinal)
ao ler alguns de meus posts me disse que essa minha alma
licenciosa se encontra cativa de um outro alguém, mas que
infelizmente a reciprocidade de sentimentos é nula. Vale dividir
com vocês a frase que ele usou pra mim: 
NÃO TRATE COMO PRIORIDADE QUEM TE TRATA COMO OPÇÃO.

Nunca vi uma pessoa me ler com tanta clareza assim. E conseguir
colocar em poucas letras o que eu só com textos(gigantes) tento transmitir.
Isso é um dom nato. Parabéns meu querido.

Achei interessante a interpretação que ele concedeu
as minhas pequenas histórias dum diário de uma doce
apaixonada, fictícia em realidade, mas talvez real
intimamente.

Deixo a dúvida pairando.E agradeço, pois adoro receber as livres apreciações dos
poucos que perdem um tantinho de tempo me lendo.

Um beijo da B.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Diário dela'

Foi um reencontro. Ela e aquele que apesar de antigo ainda
era o seu amor. Primeiro a incertezas e sem gracisses, daqueles
que, talvez pelo tempo passados separados, não sabem o que dizer.
Uma, duas, três... algumas cervejas. Alguns segredos ditos. Segredos
muito bem ocultos naqueles 18 meses juntos. Algumas perspectivas
mudadas, depois daquele conhecimento diferente.
Ela fuma um cigarro, ele a acompanha. Ele está pronto pra deixá-la em
casa. Ela não está pronta pra deixá-lo deixá-la. Ela sabe ser perssuasiva.
Envolvente. Irresistível. A força de vontade dele some. Arranca com o carro.
Destino diverso daquele decidido por ele, destino certo pra ela: Quarto dele.
E parece que o tempo de ausência fez o desejo permanecer latente, pronto a
despertar ao menor toque. Ele ainda reluta. Pensa nos compromissos.
Ela se livra da blusa. Ele idem. Unhas se fincam na carne de costas nuas. Ele
é quente. Ela se molda aos seus contornos quentes. E enfim toda a relutância dele
se esvai nas ondas de desejo, não terno, mas urgente. Ela nasceu pra ser preenchida por ele.
E sem todos aqueles receios e anseios de outrora ela se torna dele. Enfim.
E isso é bom. E a amor e calor. O movimento é ritimado, e único, e deles, e pleno.
Suor e cansaço bons. Satisfação, mas pontuada por um desejo de querer sempre mais,
como se ela esperasse que aquela noite durasse por mais algumas boas infinitas horas.
Enfim que há êxtase, não pleno, mas satisfatório. Ele dorme, ela se rende ao sono,
sentindo o calor da mão dele em seu seio esquerdo. Afinal ele é quente, e isso é muito bom!

Dezenove coisas nada construtivas...

Mas muiiito interessantes por sinal. KKK
Afinal a vida não é feita só de seriedade.
Divirtam-se!

1. Se você ficar gritando por 8 anos, 7 meses e cinco dias, terá produzido energia sonora suficiente para aquecer uma xícara de café.

- (Não parece valer a pena.)

2. Se você peidar constantemente durante 6 anos e 9 meses, terá produzido gás suficiente para criar a energia de uma bomba atômica.
- (Agora sim!)

3. O coração humano produz pressão suficiente para jorrar o sangue para fora do corpo a uma distância de 10 metros.
- (Então aqueles filmes estilo Kill Bill não eram tão mentirosos assim...)

4. O orgasmo de um porco dura 30 minutos.
- (Na minha próxima vida, quero ser um porco!)


5. Uma barata pode sobreviver 9 dias sem sua cabeça até morrer de fome.
- (Ainda não consegui esquecer o porco)


6. Bater a sua cabeça contra a parede continuamente gasta em média 150 calorias por hora.

- (Não tente isso em casa; talvez no trabalho!)

7. O louva-deus macho não pode copular enquanto a sua cabeça estiver conectada ao corpo. A fêmea inicia o ato sexual arrancando-lhe a cabeça.
- (?Querida, cheguei! O que é is…..?)


8. A pulga pode pular até 350 vezes o comprimento do próprio corpo. É como se um homem pulasse a distância de um campo de futebol.
- (Trinta minutos…que porco sortudo! Dá pra imaginar?)

9. O bagre tem mais de 27 000 papilas gustativas.
- (O que é que pode haver de tão saboroso no fundo de um rio?)


10. Alguns leões se acasalam até 50 vezes em um dia.
- (Ainda prefiro ser um porco na minha próxima vida…qualidade é melhor que quantidade!)


11. As borboletas sentem o gosto com os pés.
- (Isso eu sempre quis saber)

12. O músculo mais forte do corpo é a língua.
- (Hmmmmmm…)


13. Pessoas destras vivem em média 9 anos mais do que as canhotas.
- (E se a pessoa for ambidestra?)

14. Elefantes são os únicos animais que não conseguem pular.
- (E é melhor que seja assim!)

15. A urina dos gatos brilha quando exposta a luz negra.
- (E alguém foi pago para descobrir isso?!)


16. O olho de um avestruz é maior do que o seu cérebro.
- (Conheço gente assim)


17. Estrelas-do-mar não têm cérebros.
- (Conheço gente assim também)


18. Ursos polares são canhotos.
- (Se eles começarem a usar o outro lado, viverão mais)


19. Seres humanos e golfinhos são as únicas espécies que fazem sexo por prazer.
- (E aquele porco???)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Musica do dia'

Rosas - Ana Carolina
Você pode me ver
Do jeito que quiser
Eu não vou fazer esforço
Pra te contrariar
De tantas mil maneiras
Que eu posso ser
Estou certa que uma delas
Vai te agradar.
Porque eu sou feita pro amor
Da cabeça aos pés

E não faço outra coisa
Do que me doar
Se causei alguma dor
Não foi por querer
Nunca tive a intenção
De te machucar...


-tão fugaz como uma tempestade na noite mais tórrida de um verão.
Cheia de inconstâncias, nesse meu jeito escorpiana de ser. Me moldando
e adaptando sempre. Nascida pro amor, sob o signo da sexualidade, mas
tendo lua dominante em gêmeos, que meio a força traz facetas de um juízo
não pertencente a essa minha alma desajuizada.

Essa é sem dúvida a musica do dia. Só pulo a parte das rosas.
Porque venhamos e convenhamos, um jeans é bem melhor! Hahaa

B.

Diário dela'

E ele se tornou pra ela, tal qual uma droga,
cujas doses diárias tinham um limite certo,
que pouco a pouco chegavam ao fim.
E mesmo sabendo de todas essas coisas
ela era fraca demais para conseguir deixá-lo.
Ou era forte demais, pra aguentar calada
cada pequena pontada de dor e rejeição
que implicitavam num fim próximo.

Afinal, ela o amava.
Pura e simples assim.
E o que se fazer quanto sua alma já foi mudada de uma forma tão permanente?



B.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Cinco minutos de loucura por dia.

Quer receita de felicidade melhor?


-e tudo que se enquadra como anormal, diferente, louco... vale a pena ser
feito! Hahaa.


Que tal dançar na chuva de um dia frio?
Conversar sozinha na rua...
Correr quando te dá vontade...
Falar com as flores...
Provar com a língua o sabor das cores...
Almoçar tomando todynho...
Abraçar um desconhecido...


Hahaa


Cinco breves e emocionantes minutos de loucura.
Uma dose perfeita de felicidade diária.


'afinal, o que se leva da vida é a vida que a gente leva.


B.

Leves toques de aquarela.

Preparei a minha tela



Com pedaços de lençóis


Que não chegamos a sujar


A armação fiz com madeira


Da janela do seu quarto


Do portão da sua casa


Fiz paleta e cavalete


E com lágrimas que não brincaram com você


Destilei óleo de linhaça


E da sua cama arranquei pedaços


Que talhei em estiletes de tamanhos diferentes


E fiz então


Pincéis com seus cabelos


Fiz carvão do batom


Que roubei de você


E com ele marquei


Dois pontos de fuga


E rabisquei no horizonte
 

Diário dela'

Daqueles dias de pôr-do-sol.

     Ela sente o vento soprando, como um amante que acaricia sua face.
E deitada sente o calor que emana da Terra pura naquele fim de tarde.
A amenidade do tempo só torna tudo mais perfeito. A música à envolve,
e ela sente seu coração bater nos mesmos acordes. E isso tudo lhe transmite
paz e serenidade, naquele bonito sábado de fim de tarde. 
     E tal qual uma criança ela sente que encontrou seu lugar no universo, totalmente
em sintonia com a natureza adversa que a cerca. Sabendo ver beleza no que aos olhos 
alheios passam desbercebidos. Morre o sol no horizonte. E ela saúda a noite morna 
com seu melhor sorriso. Se vai a luz, mas permanece, porém, nela a paz.


B.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Desculpas... ^^

Ah... como elas podem melhorar uma noite.
Nada como passar de carro em cima de um celular
pra justificar a ausência 'daquela ligação.

E depois são só sorrisos ( pra acompanharem aquela
doce desculpa que tirou as borboletas de inquietação
do teu estômago!)

Sinto-me extremamente bem depois de uma boa desculpa,
principalmente quando estou tão pendida a aceitá-la.

'e se a vida é passageira, a felicidade também deve ser,
então por que não aproveitá-la enquanto ela me bate a porta?

B.

Musica do dia.

Meooo Deeos escrevi isso a três vidas atrás. Exatamente no dia 01.11.2010,
mas vou postar mesmo assim. ^^

Eu vou mostrar pra você - Jorge e Mateus.

Há muito tempo eu estava em paz tava tranquilo
Estava indo muito bem até sua aparição
E foi cilada sem sentido entrei na contra-mão
Alguem era dona do seu coração


E quando dei por mim a vida estava vazia
E eu pensava todo dia em te convencer
Que essa moça do seu lado não faz o seu tipo
E eu combino muito mais com você


Eu vou mostrar pra você
Que esse amor não cabe mais só no meu peito
Que dividir contigo parece perfeito
Que eu só penso em você e ninguem mais


Eu vou mostrar pra você
Que é pra ficar pra sempre na nossa memória
Que nós dois juntos somos a moral da História
E que o final feliz é a gente que faz

Essa musica fala muito de mim. Nem sou de escutar tanto sertanejo, mas a letra dessa é linda, e tem tudo a ver com o que estou passando no momento. Possuo um censo de determinação muito grande e dificilmente desisto daquilo que decido querer. Sou daquelas pessoas que brigam, adulam, persistem e se moldam as necessidades até conseguir o objeto de desejo. Nem sempre decido querer já por me conhecer e saber que sou uma criaturinha difícil quando enfio uma idéia na cabeça, mas hoje eu decidi querer. Querer forte e usar de todo os meus conhecimentos na Arte da Guerra. Conhecer o inimigo, enfraquecê-lo, desarmá-lo e tornar-me senhora do seu destino, tê-lo enfim só pra mim, e como canta a balada mostrar que nós dois juntos somos a moral da história e que um final feliz a gente é que faz.

P.S.(Nada como um novo amor para curar um antigo.)

B.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Relógio.

Essa eu escrevi a algum tempo, mas como estava
desprovida de net estou postando só agora.


Eu e o relógio
e nossos eternos dissabores.
Teima, pois ele, a tudo me contariar.
E se o espero, o meu amante
custa a tudo os ponteiros girar.
Mas se juntos estamos,
tão logo faz a hora passar.


B.

Tequila e fitas de laço vermelhas.

A noite começa.
Ele a conduz. Uma dose, duas...cinco.
Champanhe pra torná-la completa.
Abraços e braços. Bocas e beijos.
Ternos, fugazes... ritimados num mesmo
compasso. A dança continua. E agora pernas
e suspiros. Gemidos. Fundem-se dois num só
corpo. Se completam. E ele enfim preenche o seu
vazio. Mais suspiros numa cadência perfeita de
movimentos. Juntos começam, juntos plenamente se
complementam. Ela é dele, e ele se torna dela.
Suor e sorrisos, cansaço pós realização.
Dormem tranquilos, embalados nos sonhos de anjos.
E acordam reconstituindo o ciclo, se perdendo um no
outro, se querendo, pondo a prova o desejo recíproco,
e é mútuo o querer. E ele é dela, e ela descobre que
sempre foi dele. Mais sorrisos e beijos e pernas, braços
e abraços. Mais suor... E mais uma vez plenos no êxtase,
se enroscam, ainda se completando, ainda se possuindo.
E quedam inertes no sono dos que amam.

B.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Meu aniversário.

As vezes é tão fácil ser feliz.
Na maioria delas não sou exigente...
Peço pouco e retribuo triplamente.
A bem verdade é que poucas coisas na vida me entristessem.
Domingo tive um aniversário sem planos, sem expectativas,
com muitas risadas e repleto de comemorações.
Agradeço aos que se fizeram presentes, das inumeras formas possiveis. Amigos me fizeram rir e chorar.
Se lembraram e se fizeram lembrados.
Provaram amor e foram amados.
Pessoas assim, como vocês meus queridos, tornam minha vida mais
fácil e feliz. Obrigado por estarem sempre comigo, nesse casamento sem instituto de divórcio que chamamos de amizade. Essa sim é a forma mais pura de se amar, sem cobranças e expectativas.

Amo vocês.

Um agadecimento especial a Bruna,por estar comigo a dois anos de condomínio e aniversários . Amiga que provou ser uma das mais inesquecíveis de minha vida.

B.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Bamboocha'

Por que nos deixarmos abater
por coisas pequenas e banais?
Se a vida é como uma flor ao desabrochar,
frágil e delicada,suportando uma geada...

Então, que vivamos plena, continua e satisfatoriamente.
Que façamos desses tênues momentos, eternos.
Vamos ao menos, servir para marcar de forma
inesquecível a vida dos que se aproximam de nós.

Que sejamos únicos, no meio desses jeitos impares
próprios do ser humano.

Faça valer a pena.
Faça ser bom.
Se faça lembrado.
Querido.
Amado.
Saudoso de um jeito só teu.

...e mostre que você é sim digno do presente recebido.

E entre rodopios, de repente,
não mais que num rompante...

...seja feliz! '

B.

Saudades

A vida é tão incerta e frágil.
No sábado um amigo meu faleceu.
Um menino jovem, na flor da idade.
Repleto de sonhos e projetos...
Doce por natureza.
Uma alma ímpar, de uma pureza e simplicidade
incomparaveis.

Como eu vou sentir saudades,
de tê-lo presente, mesmo que virtualmente,
na minha vida. Dos apelidos trocados,
das juras de amor, das brincadeiras feitas.

O que me consola é saber que
nos teus poucos anos terrenos,
você viveu uma vida plena Lipe.

Onde quer que esteja, saiba
que será eternamente o Meu
Lipezinho do coração.
Meu príncipe eterno.

Te amo, de um jeito saudoso.

Saudades eternas meu menino-sol.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Janelas amigas de msn.

Rs' O título é engraçado,admito. Mas bem sugestivo também.
Vou explicar: Tem momentos na vida da gente em que carregar
sozinhos certos fardos, torna-se por demais doloroso, é nessa
hora em que eles aparecem, os amigos.
Só que alguns amigos, por conta dos rumos diversos tomados,
 não estão acessíveis ao vivo e a cores,então é ai que as maravilhosas
janelas de Mns se fazem úteis.
Hahaa

Ontem tive uma conversa muito boa, com um novo bom amigo.
Me ajudou muito colocar tudo pra fora.
Vim hoje aqui só agradecer:
_Valeu mesmo Juan.

Um viva ao sinônimo do ombro amigo,
só que de uma forma informatizada,
a janela de Msn amiga!

^^

B.

domingo, 17 de outubro de 2010

Sobre sentimentos e copos trincados.

As piores tristezas são aquelas que, por doerem tanto,
não nos permitem chorar. Hoje eu queria chorar. Até meus
olhos arderem... ate cair de cansaço num sono quieto e sem
sonhos. Mas está difícil viu?! Está tudo muito difícil...
difícil suportar a ausência, o distanciamento, a falta de
explicações... a frieza. Dificil conviver com as perguntas
não ditas, com as questões inacabadas.
Seria mais fácil, talvez, se o fim tivesse um motivo. Se houvessse
havido lágrimas e ofensas trocadas.

Mas agora já está tudo muito claro. Palavras teriam machucado menos,
mas hoje já não se fazem mais necessárias. A magoa causada e os atos grosseiros
cumpriram por fim o papel a que foram destinados, romperam enfim com
aquele sentimento bonito,mas não recíproco.

Torno a repetir, não é que eu não tenha percebido que já não existia
mais NÓS, sim eu percebi. Mas comparada à tristeza de perder tudo...
a dor de ir trincando aos poucos era mais fácil de suportar.
 
-música do dia: Farol - Anjos do Hanngar
[depois posto ela na íntegra]
 
B.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Humor noturno.

Sabe, eu era como um copo de vidro barato..
Um ser pequeno e frágil demais..
Para ser capaz de aceitar tudo em você.
Mas, comparada à tristeza de perder tudo...
a dor de ir trincando aos poucos era mais fácil de suportar.
Não foi culpa sua..
Eu é que era frágil demais.
                 
                     -anônimo.
            
 
Vi essas poucas linhas num orkut agora a pouco,
e elas, por incrivel que parece, refletem singelamente
meu estado de espirito hoje.
 
[extremamente melancólica/música da noite: Everything-Lifehouse]
 
.ainda me impressiona o fato de pessoas afetarem tanto meu humor :/
 
B.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pérola.

Hoje eu quase morri de rir.
Estava assistindo a reportagem
do resgate aos  mineiros chilenos
com algumas pessoas, quando
uma delas vira e fala(depois da Tv anunciar a naturalidade dos caras):

_Uai... mas eles não eram brasileiros?

Eu respondo:


_Não. Chilenos 'Manola' (nome ficticio pra preservar a integridade moral da pessoa),
de onde você tirou que eram brasileiros?

Manola:

_Uai, todo dia a Tv falava desse mineiros( de Minas Gerais na cabeça dela) que estavam
soterrados...

Dae já comecei a rir/sem dar conta de parar!
Cinco minutos depois ela vira e fala:

_Aaaahhh, agora entendi! Mineiros de mineradores e não de Minas Gerais.

KKKKKKKK

Diz ai se não é pra rir...

Histórinha

Era uma vez, numa faculdade tão
tão distante uma borboleta e um menine.
A borboleta se sentia turista no curso.
O menine era frequentador assíduo.
A borboleta era branquela.
O menine negão.


Um dia nesses encontros gostosos,
em que a vida entrelaça a história das
pessoas, o menine virou Bombonzão!
Passou a fazer parte da vida da Borboleta,
ensinou a borboleta a gostar e não deixou
fórmula para esquecê-lo.


Fez-se presente.
Saudoso,quando ausente.
Tornou-se, enfim, único...
no meio desses jeitos únicos próprios dele...


...essa história, redigida pela vida, não tem final,
nem triste e nem feliz. Pois ao que coube o destino unir,
não caberá ao homem separar.









B.

domingo, 10 de outubro de 2010

Peróla.

Essa foi uma pérola que li num site, nem lembro qual, mas ai vai:

“Se apenas limpando as mãos com álcool se elimina o risco do vírus da gripe, tomando cachaça então, ele nem chega perto!”


P.S.(Se isso for verdade eu morro nunquinha de vírus da gripe/KKK)

Princesas modernas.

Era uma vez, numa terra muito distante, uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.
Um dia enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante ela se deparou com uma rã ...
A rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito.
Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa.
Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo.
A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...


Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma:
- Eu, hein? Nem morta!



B.
 

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Frases memoráveis do Homer Simpson.

Ele é gordo,amarelo, apaixonado por cerveja, come tudo que encontra pela frente
e virou ídolo de milhares de pessoas espalhadas pelo mundo. E é pelo seu modo
simples de ver a vida e pelas constantes confusões em que se mete que digo:

 _Quando crescer eu quero ser igual ao Homer! Hahaa

Aqui estão algumas das frases desse pensador que tem Q.I.
de -2. KKK

Se a culpa é minha eu coloco em quem eu quiser.

Chorar não vai trazer de volta seu cão, a não ser que suas lágrimas tenham cheiro de ração.
Sei que nunca fui um homem muito religioso mas, se estiver aí em cima, por favor, me salve Super-Homem

Se algo é difícil de fazer, então não vale a pena ser feito!
Eu não estava mentindo! Estava escrevendo ficção com a boca.
Álcool...A causa e solução de todos os problemas.


Existe três frases curtas que levarão sua vida adiante: 'Não diga que fui eu!', 'Oh, boa idéia, chefe!' e 'Já estava assim quando cheguei'.

Tenho três filhos e nenhum dinheiro...por que não posso ter nenhum filho e três dinheiros?

Existem três jeitos de fazer as coisas: o jeito certo, o jeito errado, e o meu jeito, que é igual ao jeito errado, só que mais rápido.


B.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

O dia.

Dia podre.
Quente.

Trabalho da faculdade gigante.
Fiz e perdi tudo, por problemas "computadorescos".

[sem vontade de escrever nada bonito/só quero escrever por escrever]

Vontade de gritar/Aaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhh
Vontade de morrer.
Vontade de matar alguém antes de morrer.

Argh... argh... argh...

Vida lazarenta do capeta.

B.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Risco'eRabisco :]

Em mais um dia de aula tedioso...






Esse foi feito por encomenda! Hahaa
Como presente a uma pessoa especial,
que há muito faz parte da minha vidiinha.
[Desde o ingresso na vida universitária pra
ser mais exata].

Beijodeborboleta Mateuziinho ;*


B.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Fazendo art'

Em meio ao ócio de uma aula
de Penal...


Diz ai se não ficou bonitinha?
Hahaa

;*

Beijodeborboleta.

B.

domingo, 19 de setembro de 2010

Nossa história [2]

Pára pra pensar, porque eu já me toquei,
Eu te escolhi e você me escolheu, eu sei.
Tá escancarado, vai negar pro coração?
Que você tá com sintomas de paixão!


É quando os olhos se caçam em meio à multidão,
Quando a gente se esbarra andando em qualquer direção.
Quando indiscretamente a gente vai perdendo o chão, vai ficando bobo,
Vai ficando bobo...


E aí já era... é hora de se entregar,
O amor não espera, só deixa o tempo passar.
E fica pro coração, a missão de avisar,
E o meu tá dando sinal: tá querendo te amar!


                                    (Ai Já Era - Jorge e Mateus)

Amor eu te escolhi!
Eu te quero. Eu te gosto. Eu te amo.
E se não fosse toda a minha babaquice emocional,
eu já teria te pegado só pra mim.
Porque é assim que eu te desejo, só meu!
Braços com abraços só meus.
Boca com beijos só pra minha pessoa.

Teu calor, teu cheiro, teu jeito [o nosso jeito juntos].
Tudo isso me faz feliz.
Você me faz feliz, e triste também. Afinal,
teu humor afeta o meu humor.

Só queria te dizer que como canta a balada:

"vai ficando bobo, vai ficando bobo
e ai já era, é hora de se entregar..."

Amo-te Gordinho

B.

sábado, 18 de setembro de 2010

Texto do dia

"A razão porque dói tanto separarmo-nos é porque as nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham estado e sempre o fiquem. Talvez tenhamos vivido milhares de vidas antes desta, e em cada uma nos tenhamos reencontrado. E talvez que em cada uma tenhamos sido separados pelos mesmos motivos. Isto significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio ao que virá.
Quando olho para ti vejo a tua beleza e graça, sei que cresceram mais fortes com cada vida que viveste. E sei que gastei todas as vidas antes desta à tua procura. Não de alguém como tu, mas de ti, porque a tua alma e a minha têm que andar sempre juntas. E assim, por uma razão que nenhum de nós entende, fomos obrigados a dizer-nos adeus.
Adoraria dizer-te que tudo correrá bem para nós, e prometo fazer tudo o que puder para garantir que assim será. Mas se nunca nos voltarmos a encontrar outra vez, e isto for verdadeiramente um adeus, sei que nos veremos ainda noutra vida. Iremos encontrar-nos de novo, e talvez as estrelas tenham mudado, e nós não apenas nos amemos nesse tempo, mas por todos os tempos que tivemos antes."

                                           - Nicholas Sparks

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Nossa história.

" Pra ter o seu amor
Eu viajei pelo seu mundo
Me vi com seus olhos
Descobri quem sou


Pra ter o seu amor
Te pedi pra Deus de presente
Pra me ver contente
Ele te inventou
."


B.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Own *-*

Agora a pouco um amigo me disse assim:
_Hoje estou com cara de Bulldog!


Realmente tem dia em que estamos mesmo
com cara de cachorrinho que caiu da mudança.
A vida é muito complexa (ou nós é que somos
complexos demais pra entender a simplicidade dela),
e isso acaba afetando sentimentos e humores.

Hoje eu estou tal qual um cão sem lar, ai vai um
apelo:

_Tem alguém afim de me adotar?!

;)

Umbeijonoqueixo.
Hahaa

B.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Dica da noite:

'Quando alguém o abraçar, seja você o último a soltar os braços. <3'

Ah... as cores.

Hoje estou com o humor variando
entre o azul-céu e o rosa pink :)))

-cores são muiito legais.

Dica do dia:

  ' Coloque mais cores na tua vida e seja feliz!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Mudanças.

Elas são sempre boas. Renovam a pessoa
por dentro e por fora.

De visual novo hoje, estou me sentindo
a própria Mandy Moore de mecha colorida.

:)

Só pra constar, adoreeeeei meu look verde.

Beijoeumqueijo.

B.

domingo, 12 de setembro de 2010

Aventureiro



Bom... esse poema foi escrito por um
bom e velho amigo. Que hoje está distante
de mim.

[parabéns Demoniuzinho, adorei esse teu eu lírico.]

"Aventureiro ele é: Tem a luz ao seu dispor,

Mas prefere andar no escuro.
Cambaleia em passos longos,
Incertos, discretos, silenciosos, inseguros.
Ninguém o vê... Ninguém o sente...
Ninguém sabe... Mas ele existe.


De tanto andar no escuro tem suas cicatrizes,
Ninguém sabe... Mas elas também existem.
Rumo não existe... Razão não existe...
Existe por existir... Quer uma razão para existir.
Caminha ao som de uma canção,
Sem direção e por emoção...


Esse é meu aventureiro coração."

                         - Ríller de Queiroz

sábado, 11 de setembro de 2010

Hoje eu queria...



...alguém pra chamar de meu.
Pele, cheiro, braços e abraços.
Noites dormidas, bem-dormidas ou nem dormidas.

Uma boca pra chamar de minha.
Que também me chamasse de sua.
Poemas recitados.
Palavras doces segredadas.

Mãos entrelaçadas.
Cabelos emaranhados.
Sorrisos ternos.
Um significado só nosso.

Tudo isso num recanto esquecido do tempo,
onde pudesse verdadeiramente recitar:

"Meus pensamentos não posso dar-te,
que a muito eles são teus..."


B.

- dedicado ao que um dia já foi o Sr. Dono do meu coração. E que até hoje me faz cativa por tua doçura.

Te adoro Marcelinho.